Follow by Email

terça-feira, 12 de julho de 2016

Hinos que marcaram épocas-Parte 2

Estrada de espinhos
Eu Tenho Um Amigo 
Ai Daqueles Que Se Desviou  
Jesus Nazareno 
Cem Ovelhas 
A Melhor Coisa   
O Amor é Tudo
O Rei Está Voltando 
Canção do Nauta  
Um passo só

Estrada de espinhos/Jair Pires
Jesus me segura, na minha jornada
não me deixe cair! 
A luta é pesada, já estou na estrada
confio em ti! 
Eu não tenho medo, em tudo percebo
que estás sobre mim!
Coro
Eu vejo na estrada espinhos,                                                          não estou sozinho confio em ti! 2x                                             
II                                                                                               Jesus que me ama, tirou-me da lama                                             fez tudo por mim!                                                                         Me deu vida eterna,                                                                   Jesus me governa Eu creio assim!  
O crente não cansa, tem esta esperança
e vive assim!  
III
Jesus que me ama, tirou-me da lama
fez tudo por mim!   
Me deu vida eterna, Jesus me governa  
Eu creio assim! 
O crente não cansa, tem esta esperança  
e vive assim!

Eu Tenho Um Amigo/Jair Pires

Eu tenho um amigo que me ama
Me ama, me ama

Eu tenho um amigo que me ama

Seu nome é Jesus
Coro
Jesus! Jesus, Seu nome é Jesus
Jesus! Jesus, Seu nome é Jesus
II
Eu tenho um amigo que guia
Me guia, me guia

Eu tenho um amigo que me guia

Seu nome é Jesus
III
Eu tenho um amigo que guarda
Me guarda, me guarda

Eu tenho um amigo que me guarda

Seu nome é Jesus


 Ai Daqueles Que Se Desviou/Jair Pires

Conforme nos diz
O livro sagrado
Quem crer em Jesus,
É bem aventurado
Mas rejeitar sofrerá grande dor...
Irmão ai daqueles que se desviou.
Coro:
Irmão ai daqueles que se desviou
Irmão ai daqueles que se desviou
Pegou a palavra de Deus e pisou...
Irmão ai daqueles que se desviou.
II
Melhor se não soubesse o caminho
Do que desviado nas trevas sozinho
Ouviu a palavra mas não se importou
Irmão ai daqueles que se desviou.
III
Se algum desviado chegar a morrer
Levou sua culpa e vai perecer
Pegou a palavra de cristo e pisou,
Irmão ai daqueles que se desviou.
Jesus Nazareno/Jair Pires
Jesus Nazareno, pregado na cruz,
Coberto de sangue seu rosto ficou
Seu rosto centrino, qual anjo divino
Coroa de espinho, o povo lhe deu
Coro
Eloi, Eloi;  Lama Sabactani
Clamava ao pai,  o divino Jesus
O bom redentor,  de novo clamou
Sem forças porém, o mestre expirou
II
Não se maldizia, a ingratidão
Que o povo fizera
Sem ter compaixão
Lhe deram vinagre,  Jesus recusou
Sentindo agonia
Da morte e da dor
III
A luz se fez trevas,  a terra tremeu
Morrendo na cruz
O filho de Deus
Rasgou-se o véu, da separação
Nos dando a graça, a paz e o perdão.

Cem Ovelhas/Ozéias de Paula

Eram cem ovelhas, juntas no aprisco
Eram cem ovelhas, que amante cuidou
Porém uma tarde, ao contá-las todas
Lhe faltava uma, lhe faltava uma e triste chorou
Coro
As noventa e nove,  deixou no aprisco
E pelas montanhas,  a buscá-la foi
A encontrou gemendo,  tremendo de frio
Curou suas feridas,  colocou em seus ombros   
e ao redil voltou.
II
Essa mesma história, volta a repetir-se
Pois muitas ovelhas, perdidas estão
Mas ainda hoje, o pastor amado
Chora suas feridas, chora suas feridas
E quer te salvar

 A Melhor Coisa/Ozéias de Paula

De tantas coisas
Que andei fazendo
De quase todas me arrependi.
Mas houve uma, especial
Foi a mais certa que escolhi.
Coro
A melhor coisa
Que eu já fiz
Em toda minha vida
Salvou-me por um triz
Em aceitar Jesus
Sinceramente foi
A Melhor coisa que eu já fiz.
II
Coisas erradas andei fazendo
Na condição de pecador
Mas quando achei-me, 
desfalecendo 
Tomei a decisão, que Me Salvou.

O Amor é Tudo/Ozéias de Paula

No princípio era o verbo, e o verbo era Deus
E a natureza já existia nos planos Seus
Desde a maior estrela a mais singela flor
Traçando leis tudo Ele fez por Seu amor
Coro
O amor é tudo, feliz é quem ama
Não há barreiras para conter suas chamas
O amor é bálsamo na triste lida
O amor é mais, o amor é paz, o amor é vida.
II
O amor supera o ódio, através do Seu poder
Tudo ele sofre, tudo suporta, tudo ele crê.
Amai-vos uns aos outros conforme Eu vos amei
Andai na luz, disse Jesus o Rei dos Reis!

O Rei Está Voltando/Ozéias de Paula

O mercado está deserto seu trabalho já parou
O martelo dos obreiros seu barulho já cessou
Os ceifeiros lá no campo terminaram o seu labor
Sai à última noticia é volta do senhor
Coro
O rei está voltando, o rei está voltando
A trombeta está soando o meu nome a chamar
Sim o rei está voltando o rei está voltando
Aleluia ele vem me buscar.
II
Os vagões de trens vazios passam ruas e quarteirões
Aviões sem seus pilotos, voam pra destruição
A cidade está deserta sua agitação parou
Surge a última noticia, Jesus cristo já voltou
III
Vejo a multidão subindo, ouço o coro celestial
Todo céu está se abrindo num bem vindo sem igual
Como o som de muitas harpas nos ouvimos entoar.
Aleluias ao cordeiro, nós chegamos para o lar

Canção do Nauta/Ozéias de Paula  

Que ternura
São calma as ondas do mar
Meu barquinho, desliza sutil
Sobre o nome solar.
Coro
Tal qual aventureiro
Que vaga no mar aquém
O meu barquinho deslizando vai
Pois descanso e dulçor
Há no porto além.
II
Se algum dia
Feroz temporal açoitar
Prontamente eu sei que Jesus
Há de vir me amparar.
III
Entre as ondas
Levanto os meus olhos pra o céu
E suplico vem Cristo Jesus
Pilotar meu batel.

Um passo só/Ozéias de Paula

Um passo só tu precisas dar pra Cristo
Pra que ele possa tua vida transformar
Precisas crer que por ele és querido
E por amor a tua alma quer salvar
Um passo só
Coro
Um passo só mudará a tua vida
Um passo só, um passo só
Verás então que Jesus já te esperava
Que por ti inda chorava oferecendo perdão
II
Um passo só e verás que maravilha
É ter Jesus bem dentro do coração
Sua presença é que torna alma alegre
Basta um passo e terás a salvação
Um passo só
III

Um passo só, não precisas ter receio
Jesus agora mudará teu coração
Venha depressa pois tua alma está aflita
Dá só um passo e receberás perdão
Um passo só


Sua irmã em Cristo Rosa Dias












Nenhum comentário:

Postar um comentário